quinta-feira, 8 de abril de 2010

"Isso tudo nunca foi pra mim, nunca funcionou, é sempre eu que caio, de amores, ilusões, dores e no final de tudo eu fico aqui, esperando esse trem, pra me levar para a proxima estação, onde eu possa finalmente criar uma nova ficção na minha cabeça, uma nova atração para os meus olhos, uma nova paixão pro coração, e quem sabe, um final pra este roteiro."



*Caio Fernando Abreu, quando mais uma vez escreveu para mim.

Um comentário:

Leninha! disse...

É, isso sempre acontece comigo...
e eu sempre me arrisco tentando mais uma vez, e outra, e de novo...=/

*Texto PERFEITO!